• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Tolerância e paz » Pacotão sai às ruas neste domingo com mensagem de tolerância e paz

Correio Braziliense

Publicação: 02/03/2014 09:57 Atualização:

Agremiações repudiam atos de homofobia e racismo que ocorreram nas últimas semanas na capital federal. Foto: Janine Moraes/CB/D.A Press
Agremiações repudiam atos de homofobia e racismo que ocorreram nas últimas semanas na capital federal. Foto: Janine Moraes/CB/D.A Press
Além da alegria e da diversão, o carnaval de Brasília é conhecido por trazer a tona o debate de temas sociais e políticos que envolvem a sociedade. O Pacotão, por exemplo, há mais de 30 anos nas ruas da capital, tem na criação essa ideia. E este ano não será diferente. Os foliões da cidade irão às ruas para festejar a folia de momo e pedir paz. Os recentes casos de violência que envolveram latrocínio, homofobia, espancamentos e racismo acenderam um sinal de alerta na população, acuada diante da barbárie.

O Pacotão largou na frente para pedir um basta na violência. O bloco sairá às ruas hoje, a partir das 11h (veja programação completa na página 20), mas os organizadores vêm se mobilizando há duas semanas para defender a paz na capital. Na tarde de ontem, eles se reuniram no Gran Folia para dar início à campanha. “Tivemos casos recentes de racismo e de homofobia, pessoas foram agredidas. Vamos usar a nossa voz e o trio para conscientizar as pessoas”, afirmou um dos organizadores do bloco, o compositor e cantor de marchinhas José Antônio Filho, mais conhecido como Joka Pavarotti.

Mesmo sem ter um histórico de agressões no Pacotão, Joka reconhece que durante o feriado prolongado muitas pessoas bebem demais e ficam exaltadas. “Alguns se organizam em grupos para fazer baderna mesmo. Por isso, vamos dar o exemplo e pedir um basta na violência”, completou. Outro grupo engajado na temática são os organizadores do Galinho de Brasília. “Queremos propor um carnaval da paz para toda a família. A gente espera que todo mundo venha fantasiado e transforme o Galinho em um clube de fantasia, bem colorido”, disse.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.