• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Justiça » Assaltantes que torturaram norte-americano em BH são condenados A maior pena entre os três condenados é de 22 anos e 7 meses. Todos deverão cumprir as penas em regime inicial fechado

Luana Cruz -

Publicação: 14/02/2014 10:45 Atualização:

Momento em que um dos assaltantes foi preso no dia 29 de abril de 2013. Foto: Maria Tereza Correia/EM/D.A. Press
Momento em que um dos assaltantes foi preso no dia 29 de abril de 2013. Foto: Maria Tereza Correia/EM/D.A. Press

A Justiça condenou esta semana Frederico Mendes Martins, 27 anos, Fernando de Oliveira, 28, e Thiago Silva Santos, de 21, acusados de cometer vários roubos em prédios e casa dos bairros Santa Lúcia e Belvedere, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Os três foram sentenciados pelo crime na casa de um idoso norte-americano que foi torturado durante um assalto no dia 29 de abril de 2013. Naquele dia, eles foram presos depois de uma seqüência de roubos que provocou terror em várias famílias.

O juiz Haroldo André Toscano de Oliveira estabeleceu pena de 22 anos e 7 meses para Fernando e 22 anos e 2 meses para Frederico. Thiago foi condenado a 15 anos e 11 meses. Eles são réus pelos crimes de roubo e tortura. Todos deverão cumprir as penas em regime inicial fechado. De acordo com o Ministério Público, armados, os rapazes agrediram e ameaçaram pelo menos dez pessoas, fazendo-as reféns, além de cometer roubos, estupro e tortura. Quanto ao crime de estupro, as provas colhidas no processo não foram suficientes, por isso não houve sentença para esse artigo. Segundo o Fórum Lafaytte, ainda cabe recurso para decisão.

No assalto ao idoso norte-americano, os três homens abordaram o engenheiro de 62 anos perto de casa. Armados, eles obrigaram o morador a entrar na casa onde sofreu ameaças junto a outras pessoas da família. Os assaltantes queriam a chave do cofre, mas como o homem é estrangeiro não conseguia entender o que os ladrões falavam. Os assaltantes o agrediram com coronhadas e chegaram apertar a orelha dele com um alicate. Após as agressões, os bandidos trancaram os moradores dentro de um banheiro. Uma das vítimas pegou um celular e ligou para a polícia, momento em que reféns foram liberados e bandidos presos. 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.