Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Mudança de sexo » Delegado faz operação para mudar de sexo e passa a assinar como Laura Thiago vira Laura e vai responder como plantonista da Delegacia da Mulher a partir do mês que vem. Polícia Civil diz que apoiou a decisão de seu profissional

Correio Braziliense

Publicação: 24/01/2014 09:51 Atualização:

Foto antes e depois mostra a mudança de visual da delegada Laura foto: DM/Reprodução Reprodução/Facebook  (DM/Reprodução Reprodução/Facebook )
Foto antes e depois mostra a mudança de visual da delegada Laura foto: DM/Reprodução Reprodução/Facebook

Operado no fim do ano passado para mudança de sexo, o delegado Thiago de Castro Teixeira, de 32 anos, irá assumir a função de plantonista na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Goiânia no mês que vem já com nova identidade: Laura de Castro Teixeira. Casado e pai de dois filhos, o delegado decidiu fazer a cirurgia em 2012, quando comunicou sua decisâo à família e à cúpula da Polícia Civil de Goiás. "É uma posição de foro íntimo, mas apoiamos e até vamos lotá-la na área que foi solicitada, que é a Delegacia da Mulher", disse ao Correio o delegado-geral adjunto Daniel Felipe Diniz Adorni.

Como Thiago, ele foi delegado de repressão a narcóticos em Porangatu, região Norte de Goiás, e respondeu pela titularidade nos municípios de Senador Canedo e Trindade, na região metropolitana. Essa última cidade, aliás, foi onde Thiago trabalhou pela última vez com a identidade masculina. "Ele sempre foi um profissional exemplar e a polícia goiana não tem vergonha dessa atitude. A postura é corajosa e mostra o caráter da pessoa que ele, e agora ela, é", acrescentou o delegado.

Uma reportagem divulgada nesta quinta-feira (23/1) pelo jornal Diário da Manhã revelou a operação de troca de sexo feita por um delegado no Goiás. Thiago tirou seis meses de licença e viajou para a Tailândia, onde fez cirurgia de mudança de sexo. Laura deve voltar para o cargo assim que acabar o período de recuperação, em fevereiro.

A mudança de nome foi autorizada pela Justiça, então o novo registro civil passou a ser do sexo feminino. Laura já exibe a mudança em fotos nas redes sociais, nas quais mostra o novo rosto com maquiagem e os cabelos hidratados. Nos comentários, vários registros de apoio a atitude de Laura.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »