Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Minas Gerais » Noite violenta tem seis pessoas assassinadas na Grande BH Nenhum suspeito dos homicídios foi preso, de acordo com a Polícia Militar, e o motivo dos crimes ainda são desconhecidos

Rafael Passos

Publicação: 16/01/2014 08:40 Atualização:

A noite dessa quarta-feira foi de violência na Região Metropolitana de Belo Horizonte, com pelos seis pessoas assassinadas e outras três baleadas. Conforme a Polícia Militar, maioria das vítimas é jovem com idades entre 18 e 23 anos e os suspeitos dos homicídios não foram presos. Além disso, o motivo dos homicídios são desconhecidos.

Em Contagem, Iago Pedro Carvalho de Oliveira, de 19, foi alvejado com quatro tiros na cabeça e faleceu na Rua VL Quinze, altura do número 28. A mãe da vítima, Ângela Cristina de Carvalho, a reconheceu caída na calçada. Erick Fernando Rosário, de 23 anos, morreu depois de ser atingido com dois tiros no rosto no Bairro Dom Bosco, na Região Noroeste da capital.

Em Ribeirão das Neves, Éderson Gonçalves Rocha, de 21, estava jogando sinuca em um bar com um outro homem quando um rapaz chegou em uma moto e atirou seis vezes contra a vítima. Depois do crime, o suspeito fugiu e não teve como ser identificado.

No Bairro Goiânia, na Região Nordeste de BH, João Crisley Evangelista, de 18, morreu e um menor de 16 que o acompanhava foi baleado. Segundo relatos do adolescente, ele e a vítima estavam na Rua Asa Branca e duas pessoas ocupantes de um Palio preto se aproximaram. O passageiro do carro perguntou se João tinha cocaína para vender e começou atirar. O menor foi socorrido e levado para o Hospital Risoleta Neves.

Outro crime de natureza semelhante ocorreu no Bairro Concórdia, Nordeste de BH, onde Marcus Vinícius Cruz de Souza, 22 anos, estava na garupa de uma moto e foi baleado por um suspeito encapuzado. De acordo com a PM, o atirador era ocupante de um Fiat Uno e em companhia de mais quatro comparsas, sendo que todos eles estavam com os rostos cobertos.

A polícia está à procura de Junio Euflasino Rocha, de 33, por suspeita de assassinar a esposa dele, Gorete Mendes dos Santos, de 32, a facadas em Vespasiano. Um homem que se identificou como advogado de Junio foi quem acionou a PM e contou que o rapaz e a vítima tiveram uma discussão durante a noite. Em seguida, o casal começou a brigar e a vítima foi executada na própria casa, localizada na Hebert Fernandes, número 221, Bairro Nazia II. 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »