• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Acidente » Corpo de vendedora atingida por raio em praia do Guarujá é cremado

Agência O Globo

Publicação: 15/01/2014 14:17 Atualização:

O corpo da vendedora Rosângela Biavati, de 36 anos, que morreu atingida por um raio no Guarujá, no litoral de São Paulo, foi cremado nesta quarta-feira, na capital paulista. Parentes e amigos se despediram de Rosângela numa cerimônia realizada às 11h, no Crematório da Vila Alpina, na Zona Leste. Durante a noite de terça-feira, o corpo foi velado no Cemitério Parque Vale dos Pinheirais, em Mauá, no Grande ABC.

Rosângela, o marido, o filho e outros parentes passavam o dia na praia da Enseada, no Guarujá, quando começou a chover e ela foi atingida por um raio. O momento foi flagrado pelo fotógrafo Rogério Soares, do jornal "A Tribuna", de Santos. Ele estava na orla registrando o movimento na praia. Nas imagens, é possível ver a turista de braços abertos na areia, caminhando em direção ao mar. Depois, a foto mostra o raio no céu. Em seguida, a mulher desmaiada é carregada por banhistas.

À TV Tribuna, afiliada da Rede Globo no litoral, o marido Leandro Lopes contou que ela entrou no mar para chamar o filho de 10 anos e um primo para irem embora da praia justamente por conta do mau tempo. Em seguida, ela recebeu a descarga elétrica.

"Foi muito rápido. Eu estava já na areia, estava guardando as malas. Ela foi chamar as crianças", afirmou o marido da vítima.

A família morava em Ribeirão Pires e havia aproveitado o dia para levar parentes da vendedora do Paraná e Santa Catarina à praia. Rosângela trabalhava em uma loja na cidade. O marido é comerciante.

No Guarujá, do dia 1º de janeiro até domingo, caíram 491 raios na praia. Em Santos, já foram 1.045 raios no mesmo período.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.