• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Rio de Janeiro » Lixões clandestinos controlados por traficantes são fechados na Baixada Fluminense

Agência Brasil

Publicação: 08/01/2014 18:34 Atualização:

Dois lixões clandestinos controlados por traficantes foram fechados hoje (8), próximo ao antigo aterro sanitário de Jardim Gramacho, em Duque de Caixas, na Baixada Fluminense.

A operação da Coordenadoria Integrada de Combate aos Crimes Ambientas (Cicca), da Secretaria de Estado do Ambiente, com apoio do 15° Batalhão da Polícia Militar (PM), flagrou a fuga de traficantes pela mata próxima ao lixão.

Segundo a secretaria, os criminosos cobravam um valor inferior aos aterros sanitários pela tonelada de lixo, resíduos da área de saúde e construção civil, além de lixo domésticos despejados por condomínios da região.

Para impedir o surgimento de novos lixões clandestinos no bairro de Jardim Gramacho, o prefeito de Duque de Caxias, Alexandre Cardoso, e o secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, que acompanharam a operação, anunciaram que vão instalar câmeras de monitoramento e guaritas policiais para fiscalizar o terreno.

“Estamos em fase de detalhamento do projeto Bairro Sustentável Jardim Gramacho e, em breve, anunciaremos o segundo polo de reciclagem para resíduos da construção civil, que empregará mais 90 catadores. Além das câmeras para monitorar a entrada dos caminhões, vamos refazer parte dos 8 quilômetros de cerca instalados para impedir que continue o aterramento de manguezais do entorno da Baía de Guanabara”, disse Minc.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.