• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Barbaridade » Presa dupla que matou, estuprou e queimou corpo de idosa

Estado de Minas

Publicação: 08/01/2014 17:13 Atualização:

Dois homens suspeitos de cometer um crime bárbaro em Ouro Preto, na Região Central de Minas Gerais, em dezembro, foram presos e apresentados nesta quarta-feira na 5ª Delegacia Regional da cidade. A dupla estuprou e matou a idosa Guiomar Anastácia de Silva, de 72 anos, no Bairro Nossa Senhora do Carmo. A vítima levou 14 facadas alguns pertences dela foram roubados. Os criminosos confessaram o assassinato.

O crime aconteceu em 22 de dezembro. De acordo com a Polícia Civil, Ronald Ferreira Rodrigues e Rodriney Lopes Veríssimo, ambos de 21 anos, invadiram a casa da vítima e a renderam durante a madrugada. A idosa foi estuprada e atingida por várias facadas. Não satisfeitos, os criminosos ainda queimaram o corpo da mulher e a residência onde ela morava. Também incendiaram um veículo que foi roubado de um imóvel vizinho momentos antes do crime. Eles fugiram levando alguns produtos, não especificados pela polícia.

O assassinato causou uma comoção na cidade, pois Guiomar realizava atividades comunitárias e era uma pessoa muito conhecida pelos moradores. Investigadores da Delegacia de Ouro Preto começaram os levantamentos logo depois do crime. Ao todo, 20 pessoas foram ouvidas nas investigações. Durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão, parte dos produtos roubados da idosa foram encontrados na casa de um dos criminosos.

Com as provas adquiridas com os depoimentos e nas diligências, foi pedido à Justiça dois mandados de prisão para os homens. Ronald Ferreira Rodrigues foi detido na noite da última quinta-feira em Manhuaçu, na Zona da Mata de Minas. A prisão foi feita por policiais civis da cidade que foram informados sobre os fatos por investigadores responsáveis pelo caso. Na manhã do dia seguinte, Rodriney foi encontrado em Ouro Preto.

Ao serem interrogados, os dois homens negaram inicialmente o crime. Porém, depois que foram expostas as provas que os incriminavam, acabaram confessando. A dupla indicou o local aonde estava a faca usada para matar a idosa e a arma foi apreendida.

Ronald e Rodriney seguem presos no Presídio de Ouro Preto. Eles vão responder por latrocínio – roubo seguido de morte - e estupro.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.