• (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Violência » Quatro crianças ficam mais de 10 horas sob poder se sequestrador no Sul de Minas

Luana Cruz -

Estado de Minas

Publicação: 07/01/2014 09:06 Atualização:

Quatro crianças foram sequestradas na segunda-feira pelo pai de duas delas na cidade de Campo Belo, no Sul de Minas Gerais. Os reféns de 13, 11, 6 e 2 anos ficaram sob poder do sequestrador, D.P.M de 29 anos, por mais de 10 horas. Depois de intensa negociação da Polícia Militar (PM), as crianças foram libertadas sem ferimentos.

De acordo com PM, D. chegou por volta de 8h na casa da ex-esposa e colocou as quatro crianças no carro. A mulher, L.P.M.S, de 29 anos, ligou para a PM informando sobre o sequestro e segundo ela, o pai disse que levaria os dois filhos e dois enteados para a cidade de Luz, no Centro-Oeste de Minas Gerais, cidade onde ele mora.

Segundo L., o ex-marido ficou ligando para o celular dela dizendo que mataria as crianças e depois se mataria. A PM iniciou as buscas pelo sequestrador, que estava em um Fiat Premio. Pelo celular, os policiais negociavam a libertação dos reféns. O carro era acompanhado o tempo todo por um helicóptero da corporação ma estrada entre Campo Belo e Luz.

Depois de horas de conversar, D. libertou os dois enteados e manteve sob seu poder os filhos. Conforme a PM, a negociação continuou muito tensa, porque o sequestrador ameaçava matar as vítimas a todo momento. A ex-mulher foi envolvido na negociação, recebendo orientação da PM sobre o que falar com o sequestrador. Por volta de 18h30, ele se rendeu e entregou as duas crianças que ainda estavam reféns. D. foi preso e autuado em flagrante e as crianças entregues para a mãe sem qualquer ferimento. 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.