Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Recorde » Em Minas, 60 cidades decretaram emergência pela chuva A temporada já registra 22 mortes, sendo a última confirma pela Defesa Civil a do mecânico Elias Rodrigo Gandes de Souza, 31 anos, arrastado pela enxurrada em Virgolândia

Luana Cruz -

Publicação: 31/12/2013 09:01 Atualização:

Região onde bombeiros encontraram o corpo de Elias Rodrigo Gandes de Souza foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação (Corpo de Bombeiros/Divulgação)
Região onde bombeiros encontraram o corpo de Elias Rodrigo Gandes de Souza foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Em Minas Gerais, 60 cidades decretaram situação de emergência por causa dos estragos provocados pela chuva nesta temporada 2013/2014. O número de municípios em alerta cresce a cada dia, assim como a quantidade de morte que já chega a 22, um recorde se comparado os últimos períodos chuvosos. A mais recente vítima confirmada é o mecânico Elias Rodrigo Gandes de Souza, 31 anos, cujo corpo desaparecida desde a última quinta-feira, foi encontrado ontem. Segundo testemunhas, na hora da tromba d´água que atingiu Virgolândia, no Vale do Rio Doce, ele saiu de um local seguro para salvar ocupantes de um arro em apuros, mas acabou arrastado pela enxurrada.

De acordo com o balanço da Defesa Civil Estadual, as últimas cidades a decretarem emergência são Ipaba, Pirapora, Central de Minas, Francisco Badaró, Simonésia, Resplendo, Mantena, Chapada do Norte e Angelândia. Quase 10 mil pessoas ficaram desalojadas no estado e mais de 7 mil casas foram danificadas por temporais. Ontem, o governador Antonio Anastasia se reuniu com equipes de trabalho para fazer um balanço da situação da chuva e divulgou prejuízo de R$ 40 milhões para as estradas estaduais.

Veja orientações do governo de minas para o período chuvoso:

Como agir durante as chuvas intensas?

- Quem mora às margens de rios, mantenha um membro da família atento e vigilante ao nível de subida das águas, mesmo à noite;
- Transmita alarme aos vizinhos em caso de súbita elevação das águas e tenha sempre lanternas e pilhas em condições de uso;
- Deixe o rádio ligado em estação local. Pode ser útil à captação de mensagens de esclarecimento ou alarmes;
- Armazene água potável;
- Mantenha os objetos de maior valor, os móveis e aparelhos, na parte mais elevada da casa;
- Aparelhos elétricos quando molhados (ou úmidos) tornam-se perigosos. É melhor desligar a energia;
- Na iminência de ser levado pelas águas, procure agarrar-se em algum obstáculo e flutuar;
- As águas de enchentes são pesadas e violentas. Mesmo que você saiba nadar bem, não se arrisque em travessias ou brincadeiras;
- Mantenha as portas e janelas da casa sempre bem fechadas ou trancadas, ainda que seja necessário o abandono, a fim de evitar a entrada de escombros e de animais peçonhentos.
- Nos casos de maior gravidade (havendo muita infiltração, algum barulho estranho, rachaduras nas paredes, etc.), abandone sua residência.

Qual deve ser a atitude de quem estiver de carro, moto, bicicleta ou a pé no momento das chuvas?

- Procurar um local alto e espere o nível da água baixar;
- Não parar próximo a árvores ou postes. Há risco da árvore não resistir ao vento e cair, com isto os fios podem arrebentar, provocando choques;
- Tomar cuidado com poças de água, pois elas podem ocultar buracos ou crateras;
- Não andar ao lado de caminhões e ônibus: a marola provocada por eles pode inundar tudo em volta;
- Evitar andar por ruas alagadas;
- Nunca atravessar ponte ou pinguela que esteja coberta pelas águas de um rio ou córrego;
- Nunca atravessar por uma rua que está se formando ou já formou uma enxurrada devido ao excesso de chuva. Se necessário abandone seu veículo e procure um local seguro.

Que procedimentos adotar no caso de chuva com raios?

- Em caso de tempestades com raios, deve-se evitar utilizar aparelhos eletrônicos conectados à fonte de energia, como: televisão, ferro elétrico, computador, chuveiro entre outros;
- Quando houver incidência de raios, o ideal é  abrigar-se em locais fechados e distantes de estruturas metálicas;
- Nunca entre em água de piscina, rios ou córregos;
- Nunca se esconda debaixo de árvores;
- Evite o máximo ficar em campo totalmente descoberto de abrigo físico;
- Nunca pratique esporte como futebol em local aberto;
- Se você estiver em algum lugar onde você não possa se proteger, o ideal é agachar-se, juntar os pés e abaixar a cabeça

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »