Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Rio de Janeiro » Depois do Natal, lixo incomoda moradores do Rio

Agência Brasil

Publicação: 26/12/2013 18:37 Atualização: 26/12/2013 19:06

O acúmulo de lixo verificado hoje (26) em diversos pontos do Rio de Janeiro está incomodando moradores da cidade e atrapalhando as pessoas que andam pelas calçadas. Os resíduos causam mau cheiro e propiciam a aparição de insetos. A Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb) informou que equipes estão intensificando o serviço de limpeza em todas as áreas da cidade.

No início da tarde, a reportagem da Agência Brasil percorreu bairros e verificou acúmulo de lixo na comunidade da Mangueira e na calçada em torno do Hospital Geral de Bonsucesso, na zona norte.

De acordo com Caroline Moraes, de 29 anos, moradora da Mangueira, a coleta de lixo é feita diariamente pela Comlurb, mas, desde o último domingo (22), o trabalho não vem sendo executado.  

"Os garis comunitários recolhem o lixo do morro e trazem para essa caçamba que fica aqui na porta do salão de cabeleleiro. É a única que temos nessa área. A Comlurb passa aqui todo dia e a retira: desde domingo isso não é feito, não sei se foi por causa do Natal", relatou Caroline Moraes.

O acúmulo de lixo atrapalha os clientes do salão e traz malefícios aos moradores. Segundo Caroline, o vento traz saco, resíduo de lixo, para a porta do salão. "Acho que tem que haver uma caçamba de lixo, uma boa coleta. Eu acho que esse lixo deveria ficar longe das crianças."

O local fica perto de um campo de futebol e também da base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Mangueira. Pouco depois que a reportagem deixou o local, a Comlurb informou que a limpeza começaria a ser feita.    

Sobre o acúmulo de lixo em outras áreas da cidade, a Comlurb informou que, a exemplo do que ocorre todos os anos, houve de fato uma antecipação do segundo turno da coleta do dia 24 para o dia 25, para que os garis pudessem passar a noite de Natal em casa.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »