Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Espírito Santo » Exército apoia vítimas das chuvas no Espírito Santo

Agência Brasil

Publicação: 26/12/2013 17:54 Atualização:

O Exército está desde ontem (25) apoiando os trabalhos da Defesa Civil do estado do Espírito Santo no auxílio às vítimas das chuvas que atingiram o estado ao longo dos últimos dias, causando a morte de 27 pessoas e deixando mais de 48 mil desabrigados ou desalojados.

Segundo informações dadas pelo Exército à Agência Brasil, o socorro às vítimas está sendo prestado nas áreas alagadas da Grande Vitória e em cidades do interior. Os engenheiros do Exército estarão, ainda, trabalhando na construção de uma ponte a partir de estrutura metálica na Rodovia ES-080, entre as cidades de Vila Velha e Pancas.

Foram deslocados para a região, até o momento, 273 militares, 43 dos quais lotados no 38º Batalhão de Infantaria, sediado em Vila Velha, no próprio estado; e 230 militares deslocados de unidades militares instaladas no Rio de Janeiro.

Estão sendo utilizadas no socorro às vítimas 56 viaturas de diversos tipos, das quais 13 serão empregadas na montagem da ponte metálica que deverá chegar ao estado na próxima segunda-feira e que para normalizar o fluxo de veículos entre as cidades de Vila Velha. Há ainda um helicóptero modelo Pantera, botes e barracas de campanha

Há militares nas cidades de Vila Velha, Santa Leopoldina, Itaguaçu, Baixo Guandu, Linhares, Colatina e Fundão – afetadas pelas fortes chuvas. Informações do próprio governo do Espírito Santo indicam que o canal de umidade que atua no estado perdeu força, permitindo a abertura de sol e rápido aumento da temperatura nesta quinta-feira (26). “No sudeste do estado ainda há possibilidade de chuva fraca a partir do fim da tarde, podendo acontecer o mesmo nas demais regiões capixabas”.

Já nesta sexta-feira (27), um sistema de alta pressão começa a ganhar força sobre o estado. “Com isso, o sol predomina em todas as regiões, e só há expectativa de chuva, entre a tarde e a noite, nas regiões serrana e sul (exceto litoral).”

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »