Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Consequências » Chuvas em Minas Gerais já deixam 18 mortos; maioria vítima de deslizamentos Mais de 3 mil pessoas ficaram desalojadas e pelo menos seis mil casas foram danificadas pelo período chuvoso no Estado

Correio Braziliense

Publicação: 26/12/2013 08:00 Atualização:

Em Juiz de Fora, mais uma pessoa morreu em decorrência das fortes chuvas no Estado. Maria Conceição Aparecida do Nascimento, de 56 anos, estava em casa, na noite de quarta-feira, quando um deslizamento de encosta atingiu parte da residência e a deixou soterrada. O corpo da mulher foi encontrado somente na manhã desta quinta-feira, pelo Corpo de Bombeiros. Segundo a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), esta é a décima oitava vítima das chuvas no Estado.

Em Minas Gerais, a maioria das mortes foi causada por deslizamentos de terra, como no caso de Sardoá, no Vale do Rio Doce, onde seis pessoas da mesma família morreram soterradas. O corpo da criança de sete anos, que estava desaparecido há sete dias, foi encontrado somente na última terça-feira. Em Governador Valadares, duas crianças também perderam as vidas quando a casa em que estavam desabou.

Em Belo Horizonte, um homem morreu afogado dentro do próprio carro na Av. Cristiano Machado, na segunda-feira. Em Francisco Sá, na Região Norte de Minas, Jancer Fabiano Ruas de Abreu, de 30 anos, morreu ao tentar atravessar um córrego. Ele foi arrastado pela correnteza.

O período chuvoso em Minas Gerais deixou mais de 3 mil pessoas desalojadas e 744 desabrigadas. Pelo menos seis mil casas foram danificadas e 67 destruídas. Dos 79 municípios afetados, 26 decretaram situação de emergência.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »