Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Chuvas em Minas Gerais » Deslizamento de terra durante a chuva arrasta carros e mata mulher em Aimorés Com mais essa morte, que ainda não foi confirmada pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), sobe para oito o número de óbitos em decorrência dos temporais neste ano

João Henrique do Vale -

Publicação: 19/12/2013 15:35 Atualização:

Um novo deslizamento de terra provocado pela chuva pode ter feito mais uma vítima em Minas Gerais. Dois carros que seguiam pela MG-474, em Aimorés, na Região do Rio Doce, foram atingidos por uma barreira que cedeu. Duas mulheres ficaram soterradas dentro dos veículos e uma delas morreu, segundo o Corpo de Bombeiros. A rodovia segue interditada nesta quinta-feira. Com mais essa morte, que ainda não foi confirmada pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), sobe para oito o número de óbitos em decorrência dos temporais neste ano.

De acordo com o capitão Elias Vieira, da Polícia Militar (PM) de Aimorés, o incidente aconteceu no fim da noite de quarta-feira. Os dois veículos seguiam pela rodovia no sentido Aimorés / Ipanema quando houve a queda de uma barreira. “Os dois motoristas desceram dos carros para ver se dava para passar por lá, e deixaram duas mulheres dentro do automóvel. Uma delas desceu e foi conversar com a outra. Neste momento, mais terra desceu e atingiu os dois veículo”, explica o capitão.

Com a força do deslizamento, os dois carros foram jogados para uma ribanceira. “A mulher que estava dentro do veículo foi salva pelos motoristas. A outra, identificada apenas como Berenice, acabou morrendo”, diz Vieira. O corpo foi levado para um hospital da cidade onde passa por perícia da Polícia Civil.

Militares do Corpo de Bombeiros de Governador Valadares e da Polícia Militar Rodoviária (PMRv) seguem no trecho aonde aconteceu o deslizamento para tentar liberar a rodovia. Ainda não há previsão para a retirada total da terra.

Balanço da Defesa Civil
Com mais essa morte, que ainda não foi incluída no balanço da Cedec, Minas Gerais já registra oito mortes em decorrência da chuva. Esse número ainda pode aumentar, já que, uma criança de 7 anos ainda é procurada em Sardoá, também na Região do Rio Doce, onde um deslizamento de terra matou cinco pessoas de uma mesma família.

Até esta quinta-feira, oito cidades já decretaram situação de emergência por causa dos temporais. São elas: Ataléia, Vargem Alegre, Santos Dumont, Rio Pardo de Minas, Comercinho, Capelinha, Sardoá, e Mantena. Ao todo, 60 pessoas ficaram desalojadas no Estado e 29 desabrigados. Nove casas foram danificadas, uma ponte danificada e outra destruída.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »