Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Chuvas » Volta a chover forte no Rio de Janeiro

Agência Brasil

Publicação: 11/12/2013 21:42 Atualização:

Voltou a chover forte na capital fluminense agora à noite e a cidade está em estágio de atenção, que indica chuva moderada a ocasionalmente forte nas próximas horas. Neste estágio, os operadores do Sistema Alerta Rio estão em constante comunicação com os órgãos da prefeitura que atuam nas situações de chuva.

A concessionária RioLuz informou que a Estrada Grajaú-Jacarepaguá, entre da Cabana da Serra e o Hospital Cardoso Fontes, e a Avenida Ayrton Senna, em frente à Vila do Pan, estão com a iluminação apagada. O problema da Avenida Ayrton Senna foi provocado pelo rompimento dos cabos de energia elétrica, por uma retroescavadeira de uma obra.

Na Estrada Grajaú-Jacarepaguá, a falta de energia é consequência da queda de vários postes de energia e do rompimento da rede elétrica da concessionária Light durante a ventania da semana passada. A Rioluz e a Light estão neste momento executando os reparos.

A Estrada das Furnas, no Alto da Boa Vista, altura da Vista Chinesa, já está liberada. Mais cedo houve a queda de uma árvore, interditando parcialmente a via, no sentido do bairro da Tijuca.

O subsecretário municipal de Defesa Civil, Márcio Mota, disse que nas últimas 24 horas foram feitos 581 pedidos de atendimento de vistorias em casas e áreas que oferecem risco de deslizamento.

Mota disse que a chuva desta noite, com o solo já encharcado e saturado, pode provocar o risco de novos deslizamentos. O subsecretário também ressaltou osa esforços que estão sendo feitos para atender os moradores afetados pelo temporal.

"Nós estamos fazendo todos os esforços para atender o Complexo do Alemão e Complexo do Lins, além de enviar duas equipes com botes salva-vidas para o bairro de Acari, atuando em conjunto com voluntários da Cruz Vermelha Brasileira para que a gente pudesse verificar de casa em casa aquelas pessoas que não tinham condições de deixar os imóveis. Removemos até uma senhora que com problemas ortopédicos precisava ser removida de ambulância e a entregamos lá no Into [Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia]", informou.

Ele disse ainda que a Defesa Civil está funcionando com um posto avançado em Irajá, na zona norte, para atender com mais facilidade aos casos de emergência,

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »