Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Rio de Janeiro » Policial militar é baleado em tiroteio na região do Morro Camarista Méier

Agência O Globo

Publicação: 09/12/2013 10:04 Atualização:

Um policial militar, ainda não identificado, foi baleado durante um confronto com criminosos na região do Morro Camarista Méier, na Zona Norte da cidade, que ganhou uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na semana passada. O tiroteio aconteceu na noite de domingo, quando cerca de 12 policiais que faziam patrulhamento no Morro do Gambá foram surpreendidos por traficantes. Segundo informações da assessoria de imprensa das UPPs, os bandidos atriraram e, em seguida, os PMs revidaram. Um dos militares acabou sendo atingido. A bala atravessou o colete do policial e ficou alojada no peito dele. Os traficantes fugiram.

O PM foi levado para o Hospital municipal Salgado Filho, no Méier. De lá, ele foi transferido para o Hospital Central da corporação, no Estácio, também na Zona Norte. Ainda de acordo com a assessoria de imprensa das UPPs, o policial não corre risco de morrer. Por conta do tiroteio, o policiamento foi reforçado na região do Camarista Méier por agentes de outros UPPs. O caso foi registrado na 26ª DP (Todos os Santos).

A UPP do Morro Camarista Méier foi inaugurada na segunda-feira passada junto com a unidade do Complexo do Lins em uma cerimônia que contou com a presença de autoridades do governo do estado. As duas novas unidades são a 35ª e a 36ª do estado. Quase 500 policiais militares recém-formadosvão patrulhar as 13 favelas da região, onde moram 25 mil pessoas. As comunidades estavam ocupadas desde 6 de outubro. Na inauguração, o governado Sérgio Cabral comentou os recentes tiroteios em comunidades pacificadas, dizendo que a UPP não garante a saída de traficantes.

Já o coordenador das UPPs, coronel Frederico Caldas, disse que confrontos em áreas pacificadas, em alguns momentos, são inevitáveis. Segundo ele, é impossível acabar com o tráfico por decreto e o que acontece é justamente o contrário: a venda de drogas só aumenta. Já o secretário de Segurança do estado, José Mariano Beltrame, garantiu aos moradores da região do Lins e Camarista Méier que a realidade vivida nas comunidades vai mudar com a inauguração das duas novas UPPs.

Cinco baleados na Rocinha

No fim de semana, cinco pessoas ficaram feridas em tiroteios na comunidade da Rocinha, na Zona Sul da cidade. Os confrontos, que começaram na noite de sexta-feira, se reiniciaram no sábado, por volta das 8h, quando um policial militar e um morador foram baleados. O PM levou um tiro no ombro. Na noite de sexta-feira, outro policial e dois moradores foram atingidos. De acordo com moradores, recentemente um dos traficantes da comunidade teria trocado de facção, e, desde então, os tiroteios têm sido frequentes, apesar da presença da Unidade de Polícia Pacificadora.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »