Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Turismo » Efeito dos preços das passagens aéreas no turismo preocupa presidente da CAE

Agência Senado

Publicação: 05/12/2013 22:00 Atualização:

O Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) comemorou nesta quinta-feira (5) a chegada de 6 milhões de turistas estrangeiros ao Brasil desde o último janeiro. No ano passado foram 5,7 milhões de visitantes de outros países. A expectativa é que em 2014, com a Copa do Mundo, sejam 7 milhões de turistas. O presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), Lindbergh Farias (PT-RJ) está, no entanto, preocupado com os altos preços das passagens aéreas no Brasil.

Lindbergh lembrou que há alguns dias a comissão reuniu especialistas para discutir o que leva as empresas aéreas nacionais a cobrarem, em voos nacionais, tarifas superiores às de viagens internacionais. No debate, o presidente da Embratur, Flávio Dino, disse que entre 2005 e 2012 as passagens aéreas subiram 146% acima da inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

"O trecho São Paulo a Brasília está muito mais caro do que o trecho São Paulo a Buenos Aires, na Argentina. Além disso, há uma variação muito grande no preço das passagens em alguns períodos. Os preços para o período da Copa do Mundo estão quase dez vezes mais altos do que o normalmente cobrado, disse Lindbergh".

O presidente da Comissão de Assuntos Econômicos disse que está é uma questão a ser tratada com especial atenção, uma vez que o Brasil pode passar ao mundo a imagem de ser um país caro e assim espantar os turistas.

"Não pode ser feito dessa forma. A gente tem que ter respeito com o turista. O Brasil não pode passar ao mundo a imagem de ser um país caro para o turista estrangeiro", disse o senador.

A Prefeitura de Nova York anunciou que a cidade recebeu, em 2012, 41 milhões de visitantes domésticos e 11 milhões de turistas de outras nações. Segundo a revista Exame, a capital da França foi visitada por 29 milhões de pessoas no ano passado.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »