Pernambuco.com



  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Concessão » Percurso de Brasília a Goiânia terá dois pontos de pedágio Percurso de Brasília até a capital goiana terá duas praças de cobrança, com tarifas de R$ 3,00 e de R$ 2,20

Paulo Silva Pinto - Enviado Especial

Publicação: 05/12/2013 07:28 Atualização: 05/12/2013 09:42

A concessão de um trecho rodoviário de 1.176 quilômetros no Distrito Federal, em Goiás e em Minas Gerais, incluindo a ligação entre Brasília e Goiânia, foi arrematada ontem em leilão na Bolsa de Valores de São Paulo (BM&FBovespa) pela Triunfo Participação de Investimentos. A empresa, que disputou com outras quatro concorrentes, ofereceu deságio de 52% sobre o teto estabelecido para a tarifa de pedágio, que será cobrada em 11 postos, nas rodovias BR-060, BR-153 e BR-262.

O valor para 100km rodados ficou em R$ 2,851. Entre Brasília e Goiânia, haverá duas praças: em Alexânia, na BR-060, a tarifa será de R$ 3,00, e em Goianápolis, na BR-153, de R$ 2,20. Mas a cobrança só poderá começar depois de a empresa completar 10% das obras de duplicação previstas para todo o trecho, o que deverá ocorrer apenas em outubro de 2015. A meta é a construção de pistas separadas em 528,7km em todo o trajeto licitado, em no máximo cinco anos. Além disso, será necessário construir um contorno de 30km em Goiânia.

A presidente Dilma Rousseff comemorou o resultado do leilão, aliviada diante dos riscos de repetição do fracasso da licitação da BR-262, em setembro, para a qual não houve ofertas. “Após tentativas e erros, o governo acertou”, afirmou o advogado Fernando Marcondes, especialista em infraestrutura do escritório LO Baptista SVMFA. “O problema é que se perdeu muito tempo até agora. Mas o resultado me deixou otimista”, comentou.

 

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »