Pernambuco.com



  • (3) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Boate Kiss » Familiares das vítimas da Boate Kiss pedem lei nacional de prevenção a incêndios

Agência Senado

Publicação: 02/12/2013 18:35 Atualização:

Em audiência pública nesta segunda-feira (2), a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado foi sugerida a criação de lei nacional sobre prevenção e combate a incêndios e uma diligência da comissão para avaliar a atuação dos poderes públicos em Santa Maria (RS) depois da tragédia na Boate Kiss.

Para o vice-presidente da Associação dos Familiares das Vítimas e Sobreviventes da Tragédia na Boate Kiss, Valter Souza Capistani, ilegalidade, irresponsabilidade e conivência de autoridades e empresários na concessão de licenças de funcionamento e em ações de fiscalização resultaram na tragédia. Ele acredita que a imprensa também age para abafar o caso.

"Agentes e gestores públicos de todas as esferas públicas, sem nenhuma ética, tentam se livrar das responsabilidades usando as influências e a própria mídia. Alguns políticos, alguns empresários estão pedindo para a mídia dar uma abrandada, para a mídia esquecer", disse ele.

O presidente da associação, Adherbal Ferreira, defendeu uma atuação preventiva para evitar outras tragédias semelhantes. Ele frisou que as aglomerações de pessoas sem o cuidados necessários podem acabar novamente em um desastre e acrescentou que continuam acontecendo irregularidades.

"O desleixo a desatenção, o jeitinho, continuam", lamentou.

A especialista em toxicologia e professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Solange Garcia relatou aos parlamentares que depois do incêndio na Boate Kiss outra tragédia começou: o atendimento médico-hospitalar às vítimas. Ela disse que o Brasil não tem um sistema eficiente para atender intoxicados por agentes químicos e sugeriu a criação de uma central de antídotos. A médica informou que a hidroxi-cobalamina, o antídoto ao cianeto que intoxicou os jovens em Santa Maria, não existia no Brasil e foi preciso importá-la.

"Eu me colocava na situação dos pais que imaginavam que seus filhos estavam no hospital sendo adequadamente tratados quando, na verdade, o antídoto especifico para aquela intoxicação sequer existia no Brasil", disse a especialista.

O representante do Ministério da Saúde, Paulo de Tarso Abrahão, informou que a política de antídotos já existe, e é preciso apenas atualizar a lista de medicamentos.

O senador Paulo Paim (PT-RS) se comprometeu a encaminhar as sugestões dos participantes da audiência. Ele disse que iria às ultimas consequências na busca da justiça e na elaboração de leis que possam contribui para que um evendo como aquele não se repita.

O incêndio na Boate Kiss aconteceu no final de janeiro, causado por sinalizador usado pela banda que se apresentava. Morreram 242 pessoas e 116 ficaram feridas.

Esta matéria tem: (3) comentários

Autor: aldir da paz
ao inves de procurarem fazer uma renovasao nas leis brasileiras as procuras procuram fazer remendos pra satisfazer necessidades de momento ou um sentimento de injustiça. tem muito masi pra se debater e se votar, mas sempre emburrando com a barriga e tchau! mais uma vez tudo da em nada. Acorda Brasil | Denuncie |

Autor: Glauco Maciel
Infelizmente nada vai mudar, pois os verdadeiros responsáveis por tudo isso são os nossos legisladores(políticos). Vejam por exemplo os escândalos de corrupção em São Paulo dos fiscais, e em seguida o incêndio no MAL, desabamento de edifícios. | Denuncie |

Autor: Glauco Maciel
Infelizmente nada vai mudar nas leis, pois os nossos políticos são os verdadeiros responsáveis por esses acidentes. Vejam os casos de corrupção em São Paulo por exemplo e em seguida o incêndio no MAL. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »