BikePE Bikebeer transforma bicicleta em bar itinerante no Recife Ação acontece durante os domingos na ciclofaixa e em eventos culturais da cidade

Por: Myrela Moura - Diario de Pernambuco

Publicado em: 23/01/2014 14:51 Atualizado em: 23/01/2014 15:58

 (Ilana Costa/Divulgação)

Parece uma simples bicicleta, mas na verdade é um bar itinerante. O Bikebeer surgiu no mês passado com a ideia de leva bebidas e poesia para eventos do Recife. O funcionamento é bem prático: quem compra cerveja ou água leva um recadinho com alguns trechos de poemas de autores como Manoel de Barros e letras de músicas de Itamar Assumpção. "A gente geralmente acaba reunindo os amigos e pedalando pela cidade", conta a radialista e organizadora do evento, Ilana Costa. Nos dias do Bikebeer, ela faz algumas adaptações na bicicleta dela, colocando uma plaquinha com os dizeres  “Bebida, poesia e movimento”.

A responsabilidade da compra da bebida, transporte e refrigeração é de Ilana e do namorado dela, o estudante Lucas Costa. Eles levam uma caixa com um cooler atrás da bike para acomodar as bebidas. As cervejas são das marcas Budweiser e Heineken e custam R$ 5, mas a bebida mais vendida é mesmo a água, que sai por R$ 2. “O mais legal é poder fazer esse link entre movimento, bebida e poesia. São coisas boas e no fundo a gente só quer que a galera se divirta!”, conta Ilana.

O Bikebeer já esteve em vários eventos e vai nesta sexta-feira para o Som na Rural, na rua da Aurora. Os participantes da pedalada também se concentram todo domingo no píer ao lado das Torres Gêmeas, no cais de Santa Rita, a partir das 9h.

Segurança no trânsito - A iniciativa pode ser uma forma divertida de socialização entre os ciclistas nos finais de semana, mas é preciso tomar cuidados ao misturar bebida com bicicleta. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro a bicicleta é considerado um veículo de propulsão humana e medidas administrativas são aplicadas ao ciclista se houver infrações como desobediência ao semáforo, andar na contramão e pela calçada, entre outras.

Assim como um motorista de carro, o ciclista pode responder por alguma lesão ou morte que ele venha a causar e isso pode ser agravar se ele estiver com sinais de embriaguez.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.