Notícias, Esporte, Pernambuco, Política, Tecnologia, Vídeos, Fotos, Mundo, Divirta-se

Pernambuco.com

Recife, 20/ABR/2018
 
cheia

  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

MELHOR AMIGO » Por que os cães fazem bem à saúde? Além do amor incondicional, eles trazem tantas melhorias à saúde que foram tema de diversas pesquisas científicas publicadas em 2017

Correio Braziliense

Publicação: 11/01/2018 08:31 Atualização:

Caminhar e correr com o melhor amigo: além de prazeroso, faz bem à saúde. Foto: Reprodução
Caminhar e correr com o melhor amigo: além de prazeroso, faz bem à saúde. Foto: Reprodução
Não é à toa que o cachorro é considerado o melhor amigo do homem. Além do amor incondicional, eles trazem tantas melhorias à saúde que foram tema de diversas pesquisas científicas publicadas em 2017. Se entre os seus planos para o ano novo está levar um cãozinho para casa, conheça seis benefícios comprovados pela medicina:

1. Mais exercícios
Tutores de cachorros andam em média 22 minutos a mais por dia do que pessoas que não têm um cão. Eles também tiram mais proveito das caminhadas. Por quê? Porque andar com um cão não significa só dar uma voltinha, mas também dar passadas rápidas e vigorosas. A rotina regular de levar o cão para o passeio foi associada, por outro estudo, à maior aderência dos tutores aos objetivos fitness.

2. Alívio do estresse
As vantagens terapêuticas de ter a companhia de um cão são imensas: essa é a razão de muitos hospitais e instituições para idosos adotarem cães terapeutas (no Brasil, uma prática que ainda está começando). As necessidades básicas humanas pelo toque podem ser atendidas pelos pets. Acredite ou não: apenas de brincar com um cão, seus níveis de serotonina e dopamina — neurotransmissores associados ao prazer — sobem, promovendo uma sensação de calma e felicidade. Interagir com cachorros pode relaxar e ser uma solução para a solidão, particularmente se você está estressado ou ansioso.

3. Novas redes sociais
A companhia de um cão também ajuda a fazer amizades e ter suporte social. Quando andamos com nossos cachorros, temos maior probabilidade de fazer amigos na vizinhança e com outros tutores em parques e nas ruas. Além disso, os tutores podem expandir seus círculos sociais em eventos e encontros de cães.

4. Menos alergia
Crianças expostas a cães têm menos risco de desenvolver alergia e asma. Isso porque a sujeira que fica nos pelos dos animais pode alterar a microbiota intestinal humana, o que muda a forma como nosso sistema imunológico reage. Por isso, pessoas expostas a cães no início da vida têm menos reações a alérgenos do que as demais.

5. Melhoria nos relacionamentos
Além de nos ajudar a fazer novas amizades, cães ajudam os tutores a melhorar os relacionamentos já existentes. Casais que têm um cachorro tendem a vivenciar um relacionamento mais feliz devido a um aumento na habilidade de lidar com o estresse. Eles também interagem mais um com o outro, já que compartilham atividades com seus pets tanto dentro quanto fora de casa.

6. Saúde do coração
Os cães ajudam o coração a ficar mais saudável. Pesquisas mostram que ser tutor de um cão tem efeitos positivos na saúde cardiovascular de diversas formas. O efeito calmante dos cães não apenas reduz a pressão sanguínea, mas ajuda a reduzir os níveis de colesterol e triglicérides. O alívio do estresse também reduz os batimentos cardíacos acelerados, reduzindo os efeitos negativos do excesso de ansiedade.

Mas, atenção! Só adote um animal se tiver certeza disso. Cães dão trabalho, vivem muito, exigem uma série de cuidados de saúde e merecem uma vida plena e de qualidade. Jamais leve um cachorro para casa por impulso e sem avaliar se você, de fato, tem condições financeiras e emocionais para retribuir todo o amor que eles proporcionam aos tutores.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.










SIGA

Facebook

Google+

Twitter

Rss