Notícias, Esporte, Pernambuco, Política, Tecnologia, Vídeos, Fotos, Mundo, Divirta-se

Pernambuco.com

Recife, 21/SET/2017
 
cheia

  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Cuidados » Seguro voltado aos animais de estimação abre sistema de franquias no Brasil Investimento inicial é de R$ 35 mil por mês e o faturamento médio de R$ 15 mil mensais

Rosa Falcão

Publicação: 04/07/2016 08:18 Atualização:

O crescimento do mercado de produtos e serviços para animais de estimação pode ser uma alternativa de negócio para as pessoas que ficam desempregadas e têm dificuldades de se recolocar no mundo do trabalho. De olho neste público, o plano de saúde Pet Mais Vida, com sede em Campinas, está abrindo a primeira franquia de assistência médica para cães e gatos no país. O argumento para a viabilidade do negócio está na ponta da língua. Mesmo com a crise econômica, o faturamento de R$ 18 bilhões no segmento em 2015 foi 7,8% maior que o registrado no ano anterior.

Animado com o potencial do mercado pet, o empresário Sivonei Marcos de Oliveira, dono do plano Pet Mais Vida, decidiu investir R$ 450 mil para formatar a franquia e expandir os negócios. Com o investimento inicial de R$ 35 mil e faturamento médio mensal estimado de R$ 15 mil, o franqueado poderá ter o retorno do dinheiro aplicado entre 12 e 18 meses. Para entrar no negócio não precisa ter afinidade com os animais, mas é preciso ter facilidade de se relacionar com o público e saber vender. A aquisição da franquia inclui o treinamento e o material de divulgação do produto na praça.

“Contratamos uma empresa de franchising para fazer uma pesquisa de mercado e comercializar o produto. A partir deste mês vamos oferecer o plano de saúde em todas as regiões”, diz Sivonei de Oliveira. Segundo o empresário, o produto pode ser adquirido pelo valor mínimo de R$ 29,90 (básico) e pode chegar a R$ 87 (plus). Mas como vender plano de saúde para animal quando o dono do pet está desempregado e ficando sem plano de saúde? Oliveira garante que este é mais um motivo para contratar assistência preventiva para o animal de estimação. Ele compara os custos dos serviços e aponta a vantagem de ter um plano de saúde.

O custo anual de R$ 1.044 de um plano Pet Mais Vida Plus, que inclui 11 consultas ao ano, vacinas, internação, emergência com os medicamentos inclusos é mais em conta do que pagar pelos serviços numa clínica particular. “É mais vantajoso financeiramente ter o plano de saúde, sem contar que o animal que faz a prevenção terá uma vida mais saudável e longa. Além disso, quando criamos a franquia pensamos nas pessoas que ficam desempregadas e sem oportunidades para voltar ao mercado de trabalho.”

De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), o custo médio mensal para manter um cão adulto é de R$ 239,97, enquanto que os gatos adultos exigem em torno de R$ 110,05. As estimativas consideram os gastos básicos necessários, com ração, vermífugo, vacina, controle de pulgas, veterinário e banho e tosa. O segmento de pet food (alimentos) é o mais representativo e representa 66,9% do mercado. Enquanto o pet vet (serviços veterinários e medicamentos) aumentou o faturamento de 7,3% para 7,7% entre 2014 e 2015.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.










SIGA

Facebook

Google+

Twitter

Rss