Notícias, Esporte, Pernambuco, Política, Tecnologia, Vídeos, Fotos, Mundo, Divirta-se

Pernambuco.com

Recife, 21/JAN/2018
 
cheia

  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Crownfounding social » Campanha nas redes sociais apoia crianças com microcefalia A Fundação Altino Ventura e a empresa Viabilizze se mobilizaram no Dia Mundial da Boa Ação para apoiar as famílias de bebês com a malformação

Diario de Pernambuco

Publicação: 29/04/2016 14:41 Atualização: 29/04/2016 14:52

As crianças passam por atendimentos com fonoaudiólogos para estimular a coordenação das funções de sucção, deglutição, respiração, comunicação e audição.
Foto: Divulgação/Fundação Altino Ventura.
As crianças passam por atendimentos com fonoaudiólogos para estimular a coordenação das funções de sucção, deglutição, respiração, comunicação e audição. Foto: Divulgação/Fundação Altino Ventura.

Cada clique em apoio às crianças com microcefalia nas redes sociais será revertido em doações para o tratamento de crianças com microcefalia na Fundação Altino Ventura (FAV). A iniciativa do portal de financiamento coletivo, Viabilizze, começou na quinta-feira, quando é comemorado o Dia Mundial da Boa Ação e pretende comprar kits com objetos necessários para as famílias com bebês que nasceram com a malformação.

Atualmente são cerca de 1.883 notificações de pacientes portadores de microcefalia, segundo dados do Ministério da Saúde. A campanha pretende recolher R$ 1 real a cada retorno feito pelos internautas na página da Viabilizze no Facebook e comprar kits de estimulação de suas habilidades motoras e cognitivas. O objetivo é alcançar um total de dez mil curtidas para atender as 260 crianças do Centro de Reabilitação da FAV.

Para a oftalmopediatra e presidente da FAV, Liana Ventura, os brinquedos potencializam a reabilitação, estimulam a visão pelas cores, contrates e luz, como também o tato, o aprendizado e a audição. "Eles encorajam o cérebro a entender melhor os estímulos dos vários órgãos do sentido. E este amplo leque de sensações faz com que cada experiência terapêutica seja transformada em aprendizado", explica. 

O kit virá com objetos estimulantes, como mamãe sacode, copo plástico verde, laranja e amarelo, bola de isopor, fita de cetim, raquete de MDF, fita adesiva, lanterna recarregável e bolas plásticas. Na Fundação as crianças são acompanhadas com abordagem terapêutica com o intuito de aprimorar postura, equilíbrio e movimento em sessões de terapia ocupacional.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.










SIGA

Facebook

Google+

Twitter

Rss