Notícias, Esporte, Pernambuco, Política, Tecnologia, Vídeos, Fotos, Mundo, Divirta-se

Pernambuco.com

Recife, 21/ABR/2018
 
cheia

  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Riqueza » Singapura é a cidade mais cara do mundo, Caracas uma das mais baratas A posição de Singapura se justifica pelo preço exorbitante dos automóveis

AFP - Agence France-Presse

Publicação: 15/03/2018 18:16 Atualização: 15/03/2018 18:24

Singapura é um pequeno arquipélago próspero cuja economia atrai muitos imigrantes. Foto: Pixabay/Reprodução
Singapura é um pequeno arquipélago próspero cuja economia atrai muitos imigrantes. Foto: Pixabay/Reprodução

Singapura continua sendo a cidade mais cara do mundo - sem levar em conta o custo de habitação — pelo quinto ano consecutivo, segundo um estudo publicado nesta quinta-feira, que também aponta Caracas como uma das mais baratas do mundo.

A posição de Singapura se justifica pelo preço exorbitante dos automóveis, que situam esta cidade-Estado do sudeste da Ásia na frente de Paris e Zurique, que compartilham o segundo lugar, segundo a classificação anual da The Economist Intelligence Unit (EIU).

Hong Kong, outro importante centro financeiro asiático, ficou em quarto lugar, seguida por Oslo. Seul e Genebra ficaram empatadas em sexto lugar, na frente de Copenhague, Tel Aviv e Sydney.

As flutuações cambiais explicam as mudanças anuais nesta lista. Este ano, por exemplo, não há nenhuma cidade dos Estados Unidos entre as dez mais caras devido à debilidade do dólar, nem Tóquio.

Caracas, na Venezuela, está entre as cidades mais baratas do mundo. Foto: Pixabay/Reprodução
Caracas, na Venezuela, está entre as cidades mais baratas do mundo. Foto: Pixabay/Reprodução

Singapura, um pequeno arquipélago próspero cuja economia atrai muitos imigrantes "continua sendo a cidade mais cara do mundo para comprar e possuir um carro", explica o informe.

Para comprar um veículo é preciso pagar uma licença de 31.000 euros, o que eleva o preço de um sedã básico a mais de 50.000 euros.

O informe também lista as cidades mais baratas do planeta, liderada por Damasco (Síria), Caracas (Venezuela) e Almaty (Cazaquistão).

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro,
Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.










SIGA

Facebook

Google+

Twitter

Rss